! Todos os Recursos

De olhos postos nas Férias?

15/06/2021 | Anabela Conde

Se calhar mais do que queríamos…
Numa altura em que as férias estão à porta, é verdade que já sabia bem voar para outras paragens, sobretudo depois de mais um ano tão desafiante. Mas, antes de partir, vamos lá bloquear uns períodos na agenda para pensar noutros destinos, os do Negócio!
Efetivamente, enquanto as férias não chegam, o que nos impede de deixar preparado o nosso regresso?! Problemas e decisões em banho-maria? Muitas vezes o que falta à Farmácia, tal como às empresas em geral, é a agilidade e capacidade de decisão perante as oportunidades que se colocam. A estratégia até está definida, as ideias têm potencial, mas depois começa o jogo do empurra.
À partida poder-se-ia pensar que esta agilidade estaria garantida pela dimensão relativa da Equipa, em detrimento de hierarquias pesadas de outras organizações mais complexas, em que os processos de decisão são mais longos. (...Ler Mais...)

Tem as suas vendas numa bolha?

04/06/2021 | Maria Vieira

A palavra bolha deve ter sido a mais ouvida nos últimos tempos, e infelizmente pelas piores razões. Não tecendo julgamentos de valor ou desafiando as diretrizes das autoridades de saúde, confesso que achei interessante o conceito de bolha apresentado nestes dias.
Aparentemente significaria que todos os adeptos ingleses viriam juntos, em bolhas, e por essa razão a interação seria mínima com pessoal externo a essa mesma bolha. Depois temos as fotos dos mesmos adeptos a “ocupar” bolhas alheias e a interagir com elementos fora de bolhas e ficamos a pensar um pouco na congruência e lógica de certas coisas.
Mas bolhas à parte, como relacionar isso com as vendas?
Do nosso trabalho diário em farmácia vemos por vezes que as equipas mantêm as vendas numa bolha, ou seja, o que vemos acontecer ao balcão muda pouco ou quase nada. (...Ler Mais...)

Promete que vai reter estas 5 dicas?

27/05/2021 | Anabela Conde

É verdade, às vezes estamos tão mergulhados nos problemas do dia a dia e nos dos nossos utentes, que nos permitimos distrair de ter uma visão de helicóptero do nosso negócio.
E quando andamos distraídos por muito tempo, todos sabemos que geralmente dá asneira!
Se por um lado o dia a dia já nos desafia o suficiente, não podemos descurar o futuro próximo. A gestão da Farmácia de curto e de médio prazo em simultâneo implicam um equilíbrio desafiante, que devemos procurar manter. 1. Compromisso
Às vezes é importante voltar ao “bê-á-bá” das coisas e lembrarmo-nos que TEAM significa Together Everyone Achieves More. Dizer que juntos chegamos mais longe é bonito, fazer disso um dos valores da Farmácia dá muito trabalho, mas é imprescindível para ter uma Equipa vencedora.
Provavelmente ainda pensamos por vezes que feito por nós é que ficava bem, que o problema é da Equipa, que tivemos de baixar expectativas para não nos sentirmos defraudados…
E se o problema não for dos outros? (...Ler Mais...)

A informação é poder

19/05/2021 | Maria Vieira

Esta frase não é recente e durante muitos anos serviu infelizmente pelas piores razões, vetando o acesso a informação por parte de autoridades aos habitantes de países, de cidades e a funcionários de empresas.
Felizmente, o mundo mudou e evolui e a partilha de informação tornou-se uma das ferramentas principais para apoiar a gestão das equipas, melhorar a comunicação intra e interdepartamentais e alinhar todos os colaboradores numa mesma missão e visão.
Acompanhamos farmácias há mais de 10 anos, e sentimos uma abordagem por parte de responsáveis e de equipas aos números totalmente diferente e uma evolução marcante para agarrar em toda essa informação, dados e resultados e trabalhá-los de forma adequada.
Claro que mais do que ter a informação a forma como a mesma é trabalhada e tratada, e a clareza dos resultados que transmitimos são muito importantes. (...Ler Mais...)

Mais Formação, melhores Vendas?

12/05/2021 | Anabela Conde

Quanto melhor preparados estivermos, melhor será o aconselhamento que prestamos, quer do ponto de vista científico, quer da qualidade da interação em si.
Se os tempos exigem mais de nós, porque não obrigarmo-nos a fazer crescer as nossas competências nas direções de que necessitamos? E isso passa por melhorar as competências relacionais e comunicacionais, mas também por desenvolver as competências técnicas e o nível de conhecimento em torno das soluções que queremos promover!
É que o improviso nem sempre é o caminho mais eficaz…
Mas comecemos pelo princípio! Sobre o Atendimento Exemplar…
Todos sabemos que o sucesso nas vendas depende da criação de empatia, do foco e da perceção/satisfação de necessidades.
Nesse sentido, entramos na Farmácia à hora que a Farmácia abre ou 15 minutos antes? Sempre que chegamos atrasados ou mesmo em cima da hora e o primeiro utente entra ao mesmo tempo que nós, o que acontece à nossa disponibilidade para acolher ou ao nosso foco… ou estaremos a abotoar a bata e a ligar o multibanco, em vez de estabelecer empatia? (...Ler Mais...)

Anterior

Formações

MAIS FORMAÇÕES