Resultados diferentes…ações diferentes

07/02/2021 | Maria Vieira | ! Todos os Recursos | Artigos de Gestão Farmacêutica | Artigos de Liderança

Einstein disse ser ilógico esperar resultados diferentes fazendo-se sempre as mesmas coisas, significa que este tipo de pensamento não é de hoje e no entanto, nunca estive tão atual! Temos o hábito de estar na nossa posição de conforto. É tão mais fácil nessa zona conhecida, familiar e sem grandes surpresas. Sabemos o que temos, com que podemos contar e estamos preparados para alguns pequenos imprevistos que possam surgir, facilmente regressando ao que sempre conhecemos.
Todos os grandes gestores de equipas, profissionais de recursos humanos, motivadores e pensadores repetem esta necessidade de sair da zona de conforto, mas do ouvir ao fazer vai uma distância grande. Até que por uma razão ou outra somos de facto obrigados a repensar a nossa vida e a sair dessa zona.
A pandemia que estamos a atravessar tem obrigado todos a sair dessa zona e a confrontar-se com uma realidade muito diferente da que conhecíamos. Somos forçados a trabalhar a nossa resiliência, paciência, empatia e sentido de missão, a transformar as fraquezas em oportunidades e em agir eficazmente perante os desafios.
Ter uma estratégia permite fazer face a todas as varáveis e inseguranças que nos vão sendo apresentadas.

Equipas unidas
A união de todos torna-se fundamental. Mais do que nunca é importante trabalhar o sentido de pertença a uma farmácia, e uma equipa. Muitas farmácias criaram equipas em espelho, outras não tiveram essa possibilidade, mas todos se esforçam porque exista comunicação, momentos em que estão juntos presencialmente ou virtualmente reforçando os laços que os unem.

Flexibilidade
Provavelmente a forma de não perder clientes foi ir ao encontro dos mesmos…introduziu recentemente o serviço de entrega ao domicílio na sua farmácia? Agora os seus clientes já podem pagar as suas compras com MBWay? Começou a desenvolver um site com carrinho de compras? A ideia da implementação do serviço de PIM saiu do papel e foi implementada com sucesso, conseguindo ir ao encontro dos mais vulneráveis e menos passiveis de se deslocar à farmácia?
Fomos “empurrados” para este turbilhão de novidades e a resiliência e flexibilidade das equipas de farmácia foi enorme.
Temos de forma quase inata esta capacidade de nos adaptarmos a novas realidades e desafios e esta flexibilidade foi e será uma das grandes mais valias das equipas.

Reskilling
Uma das palavras mais ouvidas desde que a pandemia começou.
Com maior ou menor intensidade, muitos profissionais foram obrigados a este reskilling ou aquisição de novas competências ou adequação de antigas a novas situações.
Para alguns, competências um pouco esquecidas voltaram a ser aproveitadas, tais como a aptidão para ferramentas informáticas, o relembrar de algumas tarefas em farmácia. Para outros foi a aprendizagem na área do marketing digital por forma a tornar a página de Facebook ainda mais apelativa, ou finalmente criar a página do Instagram.
Algumas farmácias procuraram dotar as equipas de mais formação na área da comunicação e do atendimento de excelência face aos desafios de interagir com os clientes com máscara e distanciamento.

Liderança corajosa
O desgaste das equipas tem sido grande. O medo face à pandemia e o receio da exposição ao vírus foi um fator forte de stress e muitos colaboradores tiveram momentos desafiantes.
Por parte dos líderes teve de existir compreensão face a colaboradores mais receosos, comunicação constante sobre os vários indicadores da farmácia, implementação de planos de contingência e constante renovação dos mesmos, preocupação com a manutenção de um ambiente o mais seguro possível para que todos se sintam bem a trabalhar.
Foi preciso coragem para alterar os horários por forma a garantir que o espaço era cuidadosamente desinfetado, vontade para contratar profissionais para ajudar a reforçar a equipa, investir em novos projetos para fazer face a perda de clientes entre outras ações.
Sabemos que os tempos não são os melhores, que o esforço em equipa é necessário mais do que nunca, mas as aprendizagens que poderemos levar deste enorme desafio que fizemos e ainda temos pela frente trará uma força, coragem, preparação e resiliência que poderão dar uma vantagem competitiva enorme no futuro.

Não existem comentários.

Deixe a sua mensagem

(não será publicado)

Formações

MAIS FORMAÇÕES